YOGA, PERSEVERANÇA E DISCIPLINA

Meditando

YOGA, PERSEVERANÇA E DISCIPLINA

Se você deseja trilhar com sucesso os caminhos escolhidos, manter o equilíbrio da sua mente para lidar com os momentos difíceis, absorver conhecimentos que o levem a evolução pessoal e espiritual, precisa ter perseverança e disciplina.
Com o excesso de atividades que abraçamos em nossa rotina diária, com o excesso de responsabilidades que acumulamos, torna-se cada vez mais difícil a manutenção do entusiasmo diante de uma tarefa desafiadora. E neste momento começam a aparecer as desculpas altamente auto-sabotadoras: “está frio demais”, “está muito calor”, “está chovendo”, “estou indisposto”, “estou com preguiça”, “o trânsito está ruim”, “faço amanhã”… e muitas vezes caímos no grande erro da procrastinação. E lá se vai o nosso precioso tempo…
Mas se queremos efetivamente resultados positivos em nossas buscas, precisamos ter PERSEVERANÇA e DISCIPLINA.
A perseverança é aquela força interior que nos transforma, nos torna melhores, nos faz aprender e crescer. Com a perseverança seguimos firmes, mesmo que com grande esforço, trabalhamos a tolerância à frustração, aprendemos a aceitar, desenvolvemos a coragem e alimentamos a paciência = paz com sabedoria.
Já a disciplina desenvolve a autoconfiança e a resiliência. Sem disciplina você não chega a lugar algum! Quantas coisas começamos a fazer e paramos, por motivos nem sempre justificáveis ou por desculpas “esfarrapadas”, e depois ficamos lamentando: “nossa, eu gostava tanto de fazer tal coisa…”. É preciso observar e perceber o que está drenando a sua energia e ter coragem para mudar esse fluxo.
Disciplina em Yoga chama-se Tapas: autodisciplina, austeridade, esforço constante sobre si mesmo. Tapas tem menos a ver com seguir regras, o que pode tornar o processo enfadonho, e mais a ver com descobrir em si mesmo a real motivação para continuar. É umauto esforço que permite nos conduzir à liberdade de todas as tendências que aprisionam.
Na prática do yoga (mais em termos do ocidente), Tapas começa com tentar, na medida do possível, não faltar às aulas. Em geral, quando alguém quer conhecer mais sobre os benefícios do Yoga, começa com as práticas, matriculando-se em um shala (ou estúdio). E para se manter nas aulas, prazeirozamente, tem que haver identificação: com o método, com o local e até mesmo com o professor.
Lanço-lhe então um desafio: faça uma reflexão sobre a sua vida, em todos os aspectos, e descubra se a disciplina e a perserverança fazem parte do seu dia a dia. Se não, quais são seus sabotadores?
Agora uma outra reflexão: qual o papel o Yoga tem em sua vida? O que você tem observado com a prática? Quais as dificuldades encontradas na prática? Você tem feito o seu melhor?
Ao tomar a consciência do nossos sabotadores, saindo do piloto automático, tomamos as rédeas da nossa própria evolução. E isso nos torna mais saudáveis, plenos e felizes.

Hari OM!
Paz, saúde e sabedoria!
Patrícia Katahira.

2 thoughts on “YOGA, PERSEVERANÇA E DISCIPLINA

  1. De fato, é muito difícil ter disciplina. Quando estudamos, trabalhamos ou temos algum tipo de compromisso cotidiano, realizá-lo muitas vezes se torna uma obrigação (para tirar notas boas, para não ser demitido, para estar presente quando muitos outros também estão….). Mas que melhor forma de exemplificar a disciplina do que a prática de Yoga? É algo que fazemos por nós mesmos, para nosso desenvolvimento espiritual, mental, emocional e, também, físico.
    Entender o processo e como a prática de Yoga e de meditação modifica nossas vidas faz com que o treino e o esforço sejam prazerosos e gratificantes.
    Como dito por Yogananda, se nós temos muitos hobbies, não sobra tempo para nossa transformação interior. Hoje eu começo a ter um vislumbre do que essa transformação possa significar. E humildemente, agradeço. Simplesmente por ter tido a oportunidade de começar.
    Muito obrigada pelas aulas e por todos os ensinamentos, Patty! Como você disse uma vez, o que adquirimos de melhor, nós nunca mais perdemos.
    Namastê _/\_

    1. Jéssica querida,
      Para uma longa caminhada, como esta do Yoga, é preciso dar o primeiro passo. E esse já foi dado! Agora é ter persistência, paciência e dedicação para continuar essa linda travessia, de transformação, em direção ao bem.
      Fico muito feliz que você esteja inserida neste processo de crescimento, pessoal e espiritual, despertando a sua luz. O universo agradece! Você irá atrair muitas coisas boas e saberá discernir as realmente verdadeiras.
      Muita luz, sabedoria e amor!
      Namastê!_/\_

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *